Aprimorando sua Frenagem

O grande diferencial dos bons pilotos é saber frear da maneira correta. Sempre quando estamos começando, seguimos o princípio de frear em linha reta antes da curva e carregar alguma velocidade
para a curva e acelerar cedo.



No início, é normal frear muito cedo, reduzir demasiadamente a velocidade para uma curva. Mas conhecendo os procedimentos abaixo, sua performance pode melhorar consideravelmente.
Quanto mais rápido você se aproxima de uma curva, mais forte pode ser o início da frenagem. Essa deve ocorrer com o kart em linha reta, para evitar uma rodada. Você estará realmente andando no limite quando a frenagem em linha reta não for suficiente e será necessário entrar na curva ainda freando, porém aliviando a força sobre o pedal do freio gradativamente. Conforme vira o volante e inicia a curva, a carga deve diminuir, até o ápice, quando podemos começar a retomar a aceleração.


Vermelho: frenagem forte;
Amarelo: trecho de gradativo alívio da frenagem;
Azul: transição entre frenagem e aceleração;
Verde: aceleração máxima.

Kart e carros mais leves ou com menor potência do motor possuem melhor desempenho quando o piloto carrega mais velocidades para a curva, ou seja, com uma frenagem mais tarde, mas lembrando em deixar uma boa condição para acelerar o quanto antes. Essa trajetória está exemplificada na imagem abaixo na cor vermelha.
Karts mais pesados e com motores mais potentes são mais rápidos quando a aceleração ocorre mais rápido. Assim, para esses casos, a freada precisa ser mais forte, a curva pode ser feita em uma guinada mais forte, com aceleração assim que o veículo aponta para o lado correto. Essa trajetória está exemplificada na imagem pela cor azul.



Conforme nos adaptamos e acostumando com o kart, frear mais próximo da curva será natural.
Siga nossa página no Facebook.

Fonte:
'https://www.tkart.it/en/magazine/track-test-tech/ok-vs-kz-challenge/#2
'https://www.bskc.co.uk/driverguide

O Circuito de Lonato - South Garda

Localizado em Lonato, cidade no norte da Itália e próximo a Milão, o Kartódromo South Garda é uma dos principais e mais ativos da Europa. Este será sede do Campeonato Mundial de Kart das categorias KZ e KZ2, a ser disputado em setembro.



A PISTA

A pista de South Garda foi construída por Corberi em 1988. Apresentando um comprimento de 1200 metros e largura entre 9 e 10 metros, tem capacidade para receber 2000 pessoas. O circuito é homologado pela CIK FIA e foi especificamente projetado para oferecer fortes emoções . Foi recentemente renovado e alargado para proporcionar aos pilotos maior diversão e adrenalina.



KART RENTAL

Além das corridas oficiais, o circuito dá a adultos e crianças a possibilidade de conhecer o mundo do kart, com equipamentos para crianças e adultos. Também organizam corridas para Clubes, Associações e Grupos que oferecem serviços de manutenção de horários, entradas, assistência médica e hospitalidade.

CAMPEONATOS

Todos os anos a pista acolhe muitas competições internacionais, como a Winter Cup e, nas últimas temporadas, acolheu muitas edições do Campeonato Europeu e Mundial, que atraem sempre a atenção de todo o mundo. Em nível nacional, esse circuito é palco de importantes corridas nacionais como o Open Masters.

South Garda foi sede do Campeonato Mundial de Kart de 1996, que após um ano com muitas novidades e mudanças no cenário do kart mundial, foi vencido por Johnny Mislijevic na Formula Super A, e Jean-Christophe Ravier na Formula A.


Atualmente, este kartódromo recebe diversas competições e campeonatos internacionais, com uma média 1 evento a cada 15 dias.

Siga nossa página no Facebook.

Fonte:

'https://www.southgardakarting.it/en

F1 1991: o ano pouco lembrado

O final dos anos 80 e início dos anos 90 marca uma época de ouro da Formula 1, principalmente aos brasileiros, que tinham nos domingos pela manhã um motivo especial para acordar cedo, as incríveis disputas e vitórias de Ayrton Senna.



A temporada de 1991 é pouco lembrada, mas foi uma das melhores de todos os tempos, marcada por vários momentos importantes e lendário, o que torna esse um dos melhores anos da Fórmula 1.

Confira nesse vídeo sensacional feito pelo EffOne Archives os melhores momentos desta temporada.

Montage: 1991 - 'When The F1 Gods Ruled'. from EffOne Archives on Vimeo.

SUPERAÇÃO EM INTERLAGOS
O ano começou cheio de emoções com a primeira e lendária vitória de Ayrton Senna em Interlagos. Já em sua 7ª temporada e após 2 títulos mundiais, o grande piloto brasileiro ainda não havia vencido o Grande Prêmio do Brasil.
Durante a corrida em Interlagos, tudo indicava que não seria naquele ano que o "tabu' seria quebrado. Senna teve graves problemas no cambio, ficando apenas com a 6ª marcha disponível para uso nas voltas finais. O resultado, todos já sabem, mas vale sempre lembrar o final dessa corrida.

https://www.youtube.com/watch?v=V-nPjHurBgA

ELENCO DE PESO
Um grid com Ayrton Senna, Nigel Mansel, Alain Prost, Nelson Piquet, Roberto Pupo Moreno, Riccardo Patrese, entre outros grandes nomes da história da Fórmula 1, garantem corridas com grandes emoções.



Mas não por isso todos foram perfeitos em suas corridas. Alain Prost rodou sozinho na volta de apresentação do GP de San Marino. Mansell desligou o carro enquanto comemorava precocemente sua vitória no GP do Canadá, cedendo a para a vitória de Nelson Piquet.

EQUIPE EQUILIBRADAS
O equilíbrio e competitividade de diversas equipes neste ano trouxe à F1 uma competitividade pouco observada nos anos anteriores, e que também não iria ocorrer nos anos seguintes.
Nos anos de 1988 e 89, a McLaren foi a equipe dominante, vencendo 25 de 32 corridas destes 2 anos (mais de 78% de aproveitamento). Em 1991 foram 8 vitórias da McLaren, 7 da Willians e 1 da Benetton.



Para os anos seguintes, iriamos observar um domínio da Williams "de outro planeta", com suspensão ativa, cambio semi-automático, vencendo 20 de 32 corridas (62,5% de aproveitamento).

SEM POLÊMICAS NA DECISÃO
Como todo grande fã de automobilismo no Brasil deve se lembrar, os anos de 1989 e 1990 foram marcados por 2 decisões de campeonato com acidentes polêmicos, avaliações questionáveis de comissários e o campeonato terminando com um acidente entre Ayrton Senna e Alain Prost.
Passado esse momento, o campeonato de 1991 foi decidido na pista, com disputas emocionantes e a conclusão do ano com o tri-campeonato de Senna, após segurar Mansell e mexer com a concentração do inglês, que rodou e abandonou o GP do Japão.

https://www.youtube.com/watch?v=diUodu5Wrsc

Siga nossa página no Facebook.

Fonte:
'https://pt.wikipedia.org/wiki/Temporada_de_F%C3%B3rmula_1_de_1991
'https://pt.wikipedia.org/wiki/Temporada_de_F%C3%B3rmula_1_de_1989
'https://pt.wikipedia.org/wiki/Temporada_de_F%C3%B3rmula_1_de_1988
'http://www.resultado.gpexpert.com.br/2011/05/1991.html
'https://esporte.ig.com.br/automobilismo/f1/em-1991-senna-venceu-na-hungria-e-quebrou-sequencia-sem-vitorias/n1597104972021.html